NotíciasPolítica

Wagner responde a oposição: ‘ninguém dava opinião e seguia a vontade do chefe’

Dos 44 deputados da base do governo na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), 32 estiveram presentes na Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM), em Salvador, na noite desta segunda-feira (26) para encontro com o governador Jaques Wagner (PT). Na pauta da reunião estava a votação da bancada para aprovar, na quinta-feira (29), os nomes de Zezéu Ribeiro (PT) e João Bonfim (PDT) para o Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Mário Negromonte (PP) ao Tribunal de Contas dos Municípios. O chefe do Executivo baiano respondeu as críticas da oposição que acusa o petista de interferir em assuntos da Casa e lançou Carlos Gaban (DEM) por uma vaga no TCE na disputa com Zezéu. “Ingerência é o que eles estavam acostumados antes. Ninguém nem dava opinião e seguia a vontade do chefe, que não quero citar o nome porque não está mais entre nós. Quando foi que alguém escolheu um candidato de nada?”, questionou o petista. Foto reprodução

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + dois =

Botão Voltar ao topo