BrasilNotíciasPolíciaPolítica

STF nega liminar da PGR e Prisco consegue liberdade

Marcos Prisco (PSDB) foi solto na madrugada desta quarta-feira (4) do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, onde estava preso desde o último dia 18 de abril. A liberdade do vereador de Salvador veio depois que os seus advogados de defesa pagaram a fiança de R$ 21 mil e o ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, indeferiu, nesta terça-feira (3), a liminar impetrada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que pediu a manutenção da prisão por acreditar que o tucano representa “contínua ameaça à coletividade”. Foto reprodução

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − cinco =

Botão Voltar ao topo