BrasilCulturaNotíciasPolítica

Renan pede para Temer recuar sobre extinção do Ministério da Cultura

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), defendeu nesta quarta-feira (18) a recriação do Ministério da Cultura. Em reunião com o presidente interino, Michel Temer, o senador afirmou que considerou um erro a extinção e pediu que ele refletisse sobre o ato.

“O Ministério da Cultura não vai quebrar o Brasil, mas sua extinção quebrará a nação porque coloniza a sociedade”, afirmou Renan, que sugeriu a Temer que o assunto poderia ser resolvido por uma emenda na medida provisória da reforma administrativa (MP 726/16) enviada na última sexta pelo Planalto ao Congresso. “O importante era que nós contássemos com a simpatia do presidente para a recriação, para não significar involução no processo da cultura. Essa mudança pode ser feita aqui, no Congresso Nacional, e eu me comprometo com a condução do processo como presidente do Congresso”, disse, lembrando que, de qualquer maneira, Temer que terá que sancionar a medida.

A decisão de excluir a pasta gerou uma grande revolta de intelectuais, artistas e integrantes do setor cultural desde o anúncio da extinção do Ministério da Cultura e transferência de suas atribuições para a Educação.

 

Fonte: metro1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + catorze =

Botão Voltar ao topo