DestaqueNotíciasRegião

Promotor confirma que indenizações para vítimas de explosão em Santo Antônio de Jesus não foram pagas

Valdemar Ferraz, promotor da Vara Cível de Santo Antônio de Jesus, confirmou à Rádio Andaiá FM que até o momento a família Bastos, proprietária da fábrica de fogos que explodiu em dezembro de 1998 e matou 64 pessoas, não pagou as duas parcelas iniciais da indenização às famílias das vítimas.

“Esperamos que a família consiga vender parte do seu patrimônio para que arque com essa indenização. Eles estão trabalhando com a hipótese inclusive de tomar empréstimo para pagar essa dívida. Queremos acreditar que eles cumpram o acordo. Em última análise nós poderemos entrar com execução e o patrimônio da família arcaria com a dívida”, falou o promotor.

A terceira parcela, com valor total de R$ 1.380.000 vence dia 08 de maio, e é o prazo final para quitar o débito com a família das vítimas. Os antigos proprietários da fábrica já estão com alguns bens sub judice para garantir o pagamento das indenizações. Foto: Antônio Saturnino (Agência A Tarde)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo