CulturaDestaqueEducaçãoEntretenimentoNotíciasRegião

Projeto de extensão da UFRB é selecionado para programação musical da Rádio Educadora FM

O projeto de extensão Educa Rap, da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), alcançou mais um marco significativo ao ser selecionado no edital de Chamada Pública para Programas Musicais da Rádio Educadora FM, que é vinculada à Secretaria de Educação do Estado da Bahia, por meio do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB). O resultado da seleção pode ser acessado aqui.

Segundo a equipe do projeto, a notícia da seleção na chamada pública representa mais um reconhecimento da qualidade e do impacto do Educa Rap, consolidando-o como uma iniciativa vital para o desenvolvimento cultural e educacional na região do Recôncavo Baiano e reforçando seu compromisso em levar a diversidade e a autenticidade do Hip-Hop para um público ainda maior.

“É uma conquista gigante, do tamanho do trabalho que é desenvolvido e foi iniciado há 4 anos. Com o desenvolvimento de ações que fomentam a cultura, o audiovisual, a comunicação, de forma democrática e inclusiva, com uma equipe formada por estudantes da UFRB, cada um com suas habilidades e subjetividades, de forma voluntária, numa cidade tão importante para a Bahia, que é Cruz das Almas, através de um projeto que tem vínculo com a universidade mais representativa do Brasil, a UFRB. Uma vitória para nós, para a UFRB, para o Território do Recôncavo, mas também para todos, todas e todes os hip-hopers do Estado da Bahia. Uma nova era se inicia.”, comentou o rapper e comunicador ErriVance.

O programa de rádio, que levará o mesmo nome do projeto de extensão, terá uma hora de duração e transmissão semanal pela Rádio Educadora FM. O Educa Rap irá explorar o gênero Trap/Rap e será apresentado pelo rapper e comunicador ErriVance e pela jornalista Rebeca Motta, jovens comunicadores recém-egressos da UFRB.

A playlist musical irá celebrar a diversidade do hip-hop, destacando artistas independentes do cenário local, regional e estadual, além de nomes influentes da cena nacional. A proposta busca descentralizar, democratizar e visibilizar artistas do hip-hop dos 417 municípios da Bahia. Além do caráter musical, com enfoque em cultura e entretenimento, o Educa Rap também contará com blocos de entrevistas curtas e informações de pesquisa em blocos de 2 a 3 minutos. Além disso, os apresentadores farão audiodescrição em suas apresentações para garantir maior inclusão aos ouvintes com necessidades educacionais específicas.

O professor Marcelo Araújo, um dos orientadores do projeto Educa Rap, fala sobre a importância deste resultado para a UFRB e para a  trajetória dos estudantes envolvidos: “a classificação alcançada na chamada pública coroa esta trajetória conduzida, com muito compromisso, por toda a equipe! Nos mostra também que temas como cultura, comunicação e meio ambiente são transversais a todas as formações e devem ser valorizados nas unidades de ensino. Para a UFRB, é motivo de orgulho, pois o projeto aqui iniciado na extensão universitária evolui para uma ação profissional, alcançando um público muito maior, agora por meio da Educadora FM, a rádio da Bahia!”, destacou.

A secretária de Educação da Bahia, Adélia Pinheiro, também destaca a importância da chamada pública e comenta a seleção do projeto representante da UFRB: “editais são estratégias de democratização do acesso à comunicação pública. A classificação do Educa Rap, uma ação consolidada com origem na extensão universitária, mobilizadora da juventude, é a demonstração do caminho acertado”, disse.

O ex-reitor da UFRB e também orientador do projeto, professor Paulo Gabriel Nacif, destacou a satisfação em presenciar a evolução do Educa Rap: “acompanho o projeto, idealizado pelos discentes, desde a sua origem e acredito que, para os jovens envolvidos, é mais uma sinalização de que seguem um caminho que pode trazer prazer e realização profissional e, para a UFRB, é mais um exemplo de que o empoderamento  jovem traz bons frutos e deve ser ainda mais reforçado institucionalmente!”

Conheça mais sobre o Educa Rap

Desde sua criação, em 31 de outubro de 2019, o Educa Rap tem sido um agente transformador, fortalecendo a cena cultural e promovendo a expressão artística na região, além de produzir e divulgar conteúdos em diversas áreas do conhecimento. Uma das principais iniciativas do Educa Rap é o programa “Rap é o Som”, produzido e apresentado pelos próprios estudantes. Transmitido aos sábados,das 19h às 21h, na Rádio Comunitária Santa Cruz FM 87,9, o programa ultrapassou a marca de 160 edições, tornando-se um ponto de referência na grade da Rádio Cruzalmense. O destaque se dá não apenas pela longevidade, mas também pela qualidade, profissionalismo e impacto do programa, acessível também pelo aplicativo Santa Cruz Play e pelo canal da emissora no YouTube.

O ano de 2023 foi marcado pelo lançamento do documentário  “A Grande Família é a Rua”, fruto de um edital de incentivo à cultura, financiado pela Lei Aldir Blanc e aprovado pela Secretaria de Cultura de Cruz das Almas. Esse material narra a história da origem das batalhas de rima em Cruz das Almas.

Em constante evolução, o Educa Rap expandiu suas ações, lançando em 2021 o “Rap é o Som PodCast”, um podcast de hip-hop, com tradução em Linguagem Brasileira de Sinais (LIBRAS). Financiado pela Lei Aldir Blanc, esse projeto inovador contemplou cinco entrevistas com artistas independentes do interior da Bahia, dando voz a artistas negros(as) e LGBTQIAP+. As entrevistas estão disponíveis no canal do EducaRapTV, agregando valor à diversidade de conteúdo.

Para acompanhar o trabalho do Educa Rap, acesse as redes sociais do projeto:

YouTube Educa Rap TV

Instagram Educa Rap

Por Rebeca Motta com adaptação da UFRB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 10 =