BrasilNotíciasPolíciaPolítica

Presidente da Câmara tem R$ 100 mil roubados em Brasília

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Alves (PMDB-RN), admitiu ao jornal Folha de São Paulo, publicado neste sábado (20), que o dinheiro roubado do carro de Wellington Ferreira da Silva, na Asa Sul, em Brasília, no último dia 13 de junho, era seu e serviria para quitar despesas pessoais, mas o parlamentar não quis detalhar quais. Seu assessor foi assaltado e perdeu R$ 100 mil que, segundo o peemedebista explicou, era fruto de um empréstimo feito no Banco do Brasil e serviria para ele quitar uma dívida da compra do seu apartamento na capital potiguar e que custou R$ 1 milhão. A investigação segue em segredo na Delegacia de Furtos e Roubos do Distrito Federal.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo