NotíciasPolíciaPolíticaRegião

Prefeita de São Francisco do Conde rebate acusações da PF

Conforme investigações da Polícia Federal (PF), na administração da prefeita Rilza Valentim (PT) foi feito um contrato com a AML Empreendimentos para construção de duas escolas, no valor de R$ 13 milhões. De acordo com a PF, a verba foi paga, mas as escolas não foram construídas. Entretanto, em entrevista ao site Bocão News,  Rilza rebateu as acusações:“É mentira. E isso aí cabe até processo. A licitação foi feita para quatro escolas. A empresa recebeu o valor referente ao que construiu, e a licitação foi cancelada porque as escolas não foram levantadas. Depois fizemos uma nova licitação com uma outra empresa, abatemos o valor que já tinha sido gasto”. A prefeita esclareceu também que as escolas seriam construídas na Baixa Fria, outra no Alto da Bela Vista, uma no Caípe de Cima e mais uma instituição em Muribeca. Foto: Bocão News

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × dois =

Botão Voltar ao topo