EntretenimentoNotíciasRegião

Praça Multiuso vira estacionamento e banheiro público

Construída, entre outras coisas para ter shows, a Praça Multiuso neste São João não recebeu nenhuma atração programada pela Prefeitura. Nesta sexta-feira (21), enquanto o trio do Chiclete com Banana não começa sua apresentação, o Bahia Recôncavo flagrou outras finalidades destinadas ao espaço pelos “chicleteiros”. Em frente ao palco, mais de 20 carros foram estacionados sobre o passeio, mesmo com fiscais da Superintendência Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) por todos os lados. Questionado sobre a legalidade do estacionamento, o superintendente do órgão, Deraldo Nunes, negou que tenha liberado o lugar, mas alegou “não poder fazer nada”. Segundo ele, ninguém será multado. “Não posso parar o que estou fazendo para olhar isso”, declarou.

Os muros da Praça Multiuso estão sendo utilizados também por associados do bloco e pelo folião pipoca, enquanto o trio não começa a tocar, como banheiro público. A reportagem do Bahia Recôncavo procurou um banheiro químico no entorno, mas não conseguiu encontrar. A Guarda Municipal é outra que não foi vista no local.

Reportagem e foto: Maurício Medeiros

Artigos relacionados

3 Comentários

  1. é isso ai é o governo corrupto querendo destruir as nossas praças para conseguirem verbas para ter como roubar o município e o povo mal informado ainda ajuda

  2. Jean é cruel e vingativo,além de destruir o que o gestor passado deixou ele humilha e menospreza a inteligência dos cruzalmenses.Foi ele quem acabou com as espadas e é ele que vai destruir Cruz das Almas,com essa forma truculenta de governar.Tenho amizade com pessoas de nome que faz parte do governo Jean e está pessoa passou pra mim uma informação que vai revoltar mais ainda a população.Jean vai desmanchar o palco da pça. Multiuso,tem mais vamos ficar atentos quanto ao canil,que fim dará aqueles pobres animais.Estamos de olho…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo