DestaqueNotíciasPolíciaSlide

Polícia afirma ter capturado homem que matou soldado em Caldas do Jorro

Na noite da última quarta-feira (24), em Caldas do Jorro, de acordo com informações,

o soldado José Robson dos Santos Costa, que atuava na Companhia de Ações Especiais do Litoral (Cael – Jorro), estava na casa de amigos quando criminosos invadiram o local, mandaram todos se deitarem no chão e atiraram contra ele.

Costa, que era natural de Alagoinhas, chegou a ser socorrido na emergência do Hospital Mariana Penedo, mas não resistiu.

CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v62), quality = 90
O PM Costa

A PM trabalhou rápido e policiais militares afirmam ter encontrado o homem acusado de matar o soldado José Robson dos Santos Costa, da Companhia de Ações Especiais do Litoral (Cael – Jorro) na última quarta (24) em Caldas do Jorro.

Segundo informações, Maurício Silva Santos, 22 anos, confessou o crime e disse tê-lo cometido para quitar uma dívida de R$ 10 mil em cocaína que tinha com o PCC. De acordo com os policiais ele também indicou o local onde descartou a arma do crime, que cometeu em companhia de um fugitivo da Delegacia de Euclides da Cunha.

Os policiais chegaram até ele após encontrar um blusão sujo de sangue com perfurações que correspondiam às marcas do seu corpo. O suspeito estava ferido e hospitalizado no Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana.

Bocão News

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo