BrasilCOVID-19MundoNotíciasSaúde

Moderna avalia vacina conjunta contra gripe e Covid até 2023

Farmacêutica também trabalha com versão da vacina que possa diminuir a transmissão da variante ômicron

A farmacêutica Moderna avalia a possibilidade de criar uma vacina conjunta ontra a Covid-19, influenza e vírus sincicial respiratório até o final de 2023. A empresa fez o anúncio na segunda-feira, 18, esperando que a nova vacina aumente o desejo das pessoas em se imunizar. As informações são da Folha de S.Paulo. 

“Nosso objetivo é ter uma única dose de reforço anual para não termos problemas com pessoas que não querem tomar duas ou três injeções no inverno e receber tudo em uma dose”, disse o presidente-executivo da Moderna, Stephane Bancel, em uma reunião virtual do Fórum Econômico Mundial.

A vacina da Moderna contra a Covid-19 já foi aprovada pelas mais importantes agências reguladoras. Os os estudos para o Vírus Sincicial Respiratório (VSR) estão na fase 3, fase final de testes em humanos, e o da gripe deve entrar na terceira fase no segundo trimestre deste ano.

“Acho que não pode ser em todos os países, mas é possível chegar a alguns países no ano que vem”, disse o diretor da farmacêutica. 

Como a vacina da Moderna é baseada na primeira versão da Covid-19, a farmacêutica também trabalha para entregar uma versão do imunizante que seja eficaz contra a transmissão da ômicron, variante muito mais transmissível. A vacina pode estar pronta para teste nas próximas semanas. 

“Esperamos poder entregar dados aos reguladores em março para que possamos determinar os próximos passos”, acrescentou.

Fonte: A Tarde

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =

Botão Voltar ao topo