BrasilNotíciasPolíticaRegiãoTecnologiaTrânsito

Megaprojeto vai revolucionar a mobilidade na Bahia: a ponte Salvador-Itaparica promete gerar 7 mil empregos

A tão esperada construção da ponte Salvador-Itaparica, um marco na engenharia brasileira, está prestes a sair do papel. Com previsão de início em menos de 60 dias, esse projeto ambicioso promete transformar a mobilidade urbana na Bahia, conectando a capital Salvador à Ilha de Itaparica.

Com 12,36 km de extensão, a ponte Salvador-Itaparica não é só um megaprojeto pela sua estrutura física, mas também pelo impacto que trará.

Será a segunda maior ponte do Brasil, ficando atrás apenas da ponte Rio-Niterói, e a maior da América Latina considerando seu trecho sobre a água. Entra para a lista das maiores pontes do mundo.

Atualmente, a travessia entre Salvador e a Ilha de Itaparica é feita principalmente por balsas.

Estima-se que 15 milhões de pessoas e 44 municípios serão beneficiados, com mais de 140.000 veículos circulando diariamente pela estrutura.

A ponte em Salvador será construída por dois renomados conglomerados chineses, especialistas em grandes obras de infraestrutura.

O investimento inicial, que era de aproximadamente R$ 6 bilhões, subiu para R$ 13 bilhões após estudos adicionais. O projeto não só contempla a ponte, mas também a revitalização dos sistemas viários em Salvador e na Ilha de Itaparica.

A ponte contará com um trecho estaiado de 0,86 km e se elevará a 85 metros acima do nível do mar, permitindo a navegação de grandes embarcações.

A largura da ponte varia entre 26,4 e 30 metros, com possibilidade de expansão futura. Os pilares terão uma altura máxima de 70 metros, e as fundações serão feitas com estacas escavadas de grande diâmetro.

A construção da ponte Salvador-Itaparica é vista como um motor de desenvolvimento econômico e social para a região.

Durante as obras, mais de 7.000 empregos serão gerados. A ponte facilitará o acesso a outras regiões da Bahia e do país, impulsionando o turismo e o comércio local.

Com previsão de conclusão entre 2027 e 2028, a ponte Salvador-Itaparica é um exemplo de como grandes obras podem transformar a realidade de uma região.

A expectativa é que, uma vez concluída, a ponte não apenas melhore a mobilidade, mas também se torne um símbolo de inovação e progresso para a Bahia e para o Brasil.

Por Click Petróleo e Gás

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + cinco =

Botão Voltar ao topo