CulturaDestaqueNotíciasRegião

Livro sobre terreiros de Cachoeira e São Félix será lançado na Flica

Terreiros de Cachoeira e São Félix são retratados no livro Terreiros de Candomblé de Cachoeira e São Félix, que será lançado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia durante a Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), que acontece de 14 a 18 de outubro na cidade de Cachoeira, localizada a 110 km de Salvador.

O lançamento será no dia 16, às 14h, no claustro da Ordem Terceira do Carmo. “Esses terreiros receberam uma proteção ainda inédita no Brasil que é o ‘registro especial’ que contempla as condições simbólico-antropológicas dos terreiros e um ‘plano de salvaguarda’ com metas, objetivos, regras e ações de proteção a curto, médio e longo prazos”, afirma João Carlos, diretor geral do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac).

No evento, além do diretor, vão estar presentes o secretário de Cultura, Jorge Portugal, os prefeitos de São Félix, Eduardo Macêdo, e de Cachoeira, Neiron Viegas, além de outras autoridades. O livro é uma adaptação do Dossiê de Registro Especial que o instituto elabarou para a proteção oficial de dez terreiros em Cachoeira e São Félix.

RTEmagicC_livros-terreiros-x2_01.jpg (1)A obra conta com 244 páginas, nas quais estão 250 fotografias, mapas, ilustrações e infográficos. Além de Terreiros de Candomblé de Cachoeira e São Félix, a coleção Lendas Africanas dos Orixás também será lançada durante a Flica.

O lançamento da coleção infantil escrita pela autora Edsoleda Santos acontece no dia 15, às 16h30, no Cine-Teatro de Cachoeira, dentro da programação da Fliquinha 2015. Os livros editados pela Solisluna Editora retratam Obaluaê, Nanã, Iemanjá e Xangô.

“Lançar esses livros me dá a sensação de dever cumprido como cidadã, herdeira deste legado dos nossos ancestrais africanos, tão importante para a formação cultural do povo baiano. Admiro esse tema pela sua beleza poética, e porque transmite preciosos ensinamentos para a humanidade”, afirma Edsoleda, que também ilustra a coleção.

Por: Correio

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo