NotíciasPolícia

Justiça revoga prisão de Marco Prisco

Vivaldo Amaral, advogado de Marco Prisco (PSDB), confirmou que seu cliente teve sua prisão preventiva revogada no final da tarde desta sexta-feira (30). Em contrapartida à liberdade, o vereador da capital baiana tem que pagar 30 salários mínimos de fiança, recolhimento domiciliar noturno e nos fins de semana, a proibição de se ausentar da comarca (Salvador) sem autorização judicial, o comparecimento mensal à Justiça para informar as atividades, proibição de frequentar quarteis ou outros estabelecimentos militares – o que inclui as associações  –, o afastamento da diretoria de qualquer associação militar, proibição de manter contato com os diretores das instituições e o uso de monitoramento eletrônico. O tucano foi preso em abril pela Polícia Federal (PF) em abril, a pedido do Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA), acusado de atentar contra a Lei de Segurança Nacional. Foto reprodução

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × três =

Botão Voltar ao topo