BrasilNotíciasTecnologia

Investidor: passo a passo para entender o que é day trade

Confira cinco orientações para quem tem interesse em atuar na área.

O day trade é cercado por mitos. Por ser a operação mais ágil da bolsa de valores, há quem pense que é uma forma rápida e fácil de ganhar muito dinheiro. Por outro lado, por conta dos riscos, há aqueles que acreditam que se trata de sorte. No entanto, o mercado financeiro esclarece que é o conhecimento que interfere nos resultados.

Para entender sobre day trade, antes é preciso estudar o mercado financeiro, a economia nacional e internacional, fazer uma análise técnica das companhias com ações listadas na bolsa e manter-se atualizado, segundo especialistas da área financeira.

A prática também é importante e, por isso, diferentes iniciativas têm sido criadas a fim de treinar profissionais interessados em aprofundar os conhecimentos na área do day trade.

Em maio, foi realizada a Batalha dos Traders, evento gratuito em que os participantes receberam um valor fictício para realizarem operações de índice e dólar num ambiente simulado. A iniciativa foi organizada pela Genial Investimentos em parceria com a Falcon Trader e o Nelogica. Os inscritos receberam um treinamento prévio antes da competição, que premiou aqueles que tiveram os melhores resultados.

No início deste ano, a empresária e mentora da Shark Tank Brasil, Carol Paiffer, anunciou um projeto em que ela ofereceria dinheiro de verdade para a realização de operações no day trade. A proposta era que, em caso de lucro, o trader recebesse 80% e a empresa de Paiffer, 20%. No caso de perda, a empresária assumiria 100% do prejuízo. Segundo ela, o projeto tinha a intenção de treinar os interessados em atuar na área.

O day trade passo a passo

Segundo pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), em 2021, apenas 5% dos investidores brasileiros que atuam com day trade conseguiram conquistar ganhos equivalentes a uma renda mensal superior a R$ 10 mil por mês. Sendo que 2% alcançaram ganhos acima de R$ 20 mil e apenas 0,1%, acima de R$ 50 mil.

Os resultados desmistificam a ideia de que o day trade é uma forma fácil e rápida de ganhar muito dinheiro. Por outro lado, não se pode dizer que quem obteve resultados positivos foi por conta da sorte. Por isso, antes de decidir tornar-se um trader é necessário fazer algumas considerações. 

1) Entenda o que é o day trade

A Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) recomenda que os investidores sempre estudem antes de realizar qualquer aplicação. A regra também vale para o day trade. É preciso compreender a dinâmica de compra e venda de ações no curto prazo, quais são os riscos e como identificar oportunidades.

2) Conheça o mercado financeiro

Os estudos não devem ser restritos à operação do day trade. O investidor precisa conhecer o mercado financeiro, as variações econômicas que impactam a movimentação dos ativos e estar sempre atualizado.

3) Busque informações em fontes oficiais

Quando o assunto é investimento, a Anbima também alerta sobre o cuidado em onde buscar informações. É preciso recorrer às fontes oficiais sobre o assunto. No caso do day trade, é recomendado ter cautela com as ofertas muito atrativas de quem faz promessas como “ganhar muito dinheiro rapidamente”.

4) Faça uma análise técnica das companhias

O trader atua com a compra e a venda de ações. A análise técnica dos balanços econômicos das companhias listadas na bolsa de valores é o caminho apontado para identificar as oportunidades e os riscos.

5) Profissionalização

Embora não haja necessidade de curso ou formação como trader, especialistas aconselham buscar a profissionalização. A participação em treinamentos e eventos auxilia no entendimento prático das operações e, também, no desenvolvimento das habilidades necessárias para a profissão.

Por Luiz Affonso MehlAnalista de Link Building

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − um =

Botão Voltar ao topo