NotíciasPolítica

Gabrielli acredita em definição de nome petista para disputar governo apenas no final do ano

O secretário estadual de Planejamento, José Sérgio Gabrielli (PT), falou, em entrevista concedida ao Correio desta quarta-feira (11) acreditar que a definição sobre qual será o nome do PT que disputará o Palácio de Ondina em 2014 sairá apenas a eleição do novo presidente da legenda na Bahia. “Acredito que não haverá decisão no partido antes de concluir a eleição interna, dia 10 de novembro. E os aliados vão ficar esperando? Não. Por isso que PT criou comissão, dois membros da executiva, representante da bancada estadual, da federal, que vai ser o condutor deste processo, que  está mais ou menos definido. O governador é o principal eleitor, mas não é único: o PT vai ser ouvido, o estadual e o nacional. A presidente Dilma vai ter uma fala, o presidente Lula também: vai ser um processo de conversa interna”, disse.

Ainda concorrem com o ex-presidente da Petrobras à indicação do PT na disputa ao Palácio de Ondina o senador Walter Pinheiro, o secretário da Casa Civil, Ruy Costa, e o ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano. Gabrielli confirmou que Lula o estimulou a continuar na briga. “Ele acha que o processo de escolha ainda não está maduro o suficiente e que os candidatos devem ser mantidos”, falou. O petista acredita que o candidato da oposição será Geddel Vieira Lima (PMDB) e que o gestor de Salvador, ACM Neto (DEM), terá participação discreta em seu apoio ao peemedebista. “Eu acho que o prefeito vai querer concluir o mandato da melhor maneira possível, fazendo uma boa administração em Salvador. Ele é jovem, pode se credenciar para reeleição ou para voos maiores”, concluiu. Foto reprodução

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 4 =

Botão Voltar ao topo