DestaqueEsportesNotíciasRegião

Flamengo conquista tricampeonato da Taça 29 de Julho

O Flamengo fez 2 a 0 no Corinthians neste domingo (28), no Estádio Barbosão, com gols de Heder e Cau, ainda no primeiro tempo, e conquistou o tricampeonato da Taça 29 de Julho. O time campeão levou, além do troféu, R$ 2.000, enquanto o vice ficou com R$ 1.000. O time rubro-negro, com maior torcida nas arquibancadas, levou o título em seis jogos, com cinco vitórias e uma derrota.

PRIMEIRO TEMPO

O início da partida foi melhor do que esperava o mais otimista torcedor do Flamengo. Aos três minutos, em jogada feita por Arlei no lado esquerdo, a bola foi cruzada e Heder tocou de primeira no ângulo de Anaílton e fez 1 a 0.

O gol obrigou o Corinthians a sair para tentar empatar. Aos 12 Pelezinho entrou sozinho contra o goleiro Pilão, mas tocou para fora. Aos 21 o goleiro rubro-negro espalmou para escanteio o chute de fora do volante Tércio. Seis minutos depois foi Pelezinho novamente que entrou pelo lado direito e foi travado na hora de tentar o empate.

A pressão corinthiana tomou uma ducha fria ao 30. Arlei fez novamente jogada pelo lado do campo, desta vez na direita, e cruzou para o centro-avante Cau entrar sozinho e ampliar o marcador para o Flamengo.

Antes do final da primeira etapa os corinthianos tiveram mais duas chances de diminuir. Pelezinho aos 34 driblou todos, mas chegou desequilibrado na hora de chutar. Quatro minutos depois a bola foi jogada na área rubro-negra, mas Nielsen, livre, chutou torto.

SEGUNDO TEMPO

A chuva caiu e diminuiu o ritmo de jogo. A primeira chance surgiu apenas aos 9 minutos. O meia Pablo, do Flamengo, foi lançado na ponta e conseguiu se livrar do zagueiro. Ele cruzou para Cau, que errou o alvo.

A primeira chance do Corinthians na etapa complementar foi com o atacante Júnior na Tábua. Ele recebeu dentro da área e errou o alvo. Três minutos depois as chances alvi-negras diminuíram muito. Em contra-ataque rápido o volante Michel fez falta em Heder e foi expulso. Até o final do jogo o Flamengo teve outras oportunidades, mas não conseguia concluir.  

Flamengo: Pilão, Pichu (Valdeir), Moisés, Alex (Juraílton) e Tiri (Décio); Soró, Adson, Arlei e Pablo; Cau (João de Deus) e Heder (Murilo); Corinthians: Anaílton, Biito, B.A, Gegeu e Normando (Juninho); Michel, Tércio, Nielsen (Tita) e Júnior Nagata (Washington); Júnior Tábua e Pelezinho; Arbitragem: Edvaldo Brito (Santo Antônio de Jesus), Roque Soares (Cruz das Almas) e Genivaldo Pereira (Cruz das Almas)

Reportagem e foto: Maurício Medeiros

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo