BrasilNotíciasPolítica

Empresa reconhece ter pago propina a tucanos durante governo de FHC

O jornal Folha de São Paulo divulga na sua edição desta segunda-feira (3) que a Alton, empresa envolvida no pagamento de propina ao governo do PSDB em São Paulo, reconheceu, em auditoria interna, também ter distribuído dinheiro em janeiro de 1999 na administração do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) para a construção da hidrelétrica e Itá, em Santa Catarina. O suborno, conforme a publicação, foi no valor de R$ 1,6 milhão, equivalente a R$ 6 milhões atualizados. Os franceses são apontados também em investigação de pagar dinheiro a tucanos paulistas. O principal acusado de receber a quantia em nome do partido é Andrea Matarazzo (camisa azul na foto), atual vereador paulistano, que arrecadou R$ 3 milhões e destinou à campanha de reeleição de FHC.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo