DestaqueNotícias

Em 2021, empresas de segurança baianas tiveram mais de três armas ‘perdidas’ por mês

Até setembro de 2021, já foram subtraídas da posse de empresas de segurança da Bahia 32 armas. Entre roubos, furtos, extravios, perdas e recuperações, os itens “perdidos” para a ilegalidade variam entre espingardas calibre 12, pistolas .380 e revólveres 38. As informações constam nos dados obtidos pelo Fiquem Sabendo, agência de dados especializada no acesso a informações públicas, com um pedido lei de acesso a informação. 

As razões para os incidentes são variadas, como roubos nos veículos de atividade de uma escolta armada até furto em um dos postos de serviço em uma instituição financeira de uma empresa de vigilância patrimonial. Ao todo, as empresas da Bahia possuem 14.240 armas registradas em posse das empresas de segurança, de acordo com Don’t LAI to me (veja aqui). 

Em todo o estado, entre matrizes e filiais, estão ativas, 149 empresas especializadas em segurança, com armas ativas em sua posse  Na Bahia, estão de forma regular 134 carabinas calibre 38, 1.278 espingardas calibre 12, 520 pistolas .380, 12.302 revólveres calibre 38 e 6 rifles calibre 38.

Fonte: Bahia Notícias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo