NotíciasPolíticaRegião

Cruz das Almas: falta de quórum em assembleia adia votação dos professores sobre rateio do FUNDEB

Pouco mais de 30 professores da rede municipal de ensino de Cruz das Almas compareceram à assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (28) na Biblioteca Municipal Carmelito Barbosa Alves pela APLB. O sindicado pede o rateio de R$ 842.196,49 do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação e da Valorização dos Profissionais (FUNDEB). A falta de quórum impediu que os docentes votassem a intenção de não retornar às salas de aula no dia 08 de julho, quando encerra o recesso junino, caso a Prefeitura não pague a reivindicação. Um novo encontro foi marcado para quarta-feira (3), às 10h, em local ainda indefinido.

Segundo o presidente da APLB, Augusto Moreira, a alegação da Prefeitura de Cruz das Almas é que ainda não teve tempo hábil para analisar o pedido da categoria. “Eles chegaram a sugerir que esse rateio ocorra no final do ano, mas nós preferimos agora”, disse. Ainda conforme o sindicalista, o Executivo encaminhou o pedido dos docentes às assessorias contábil e jurídica.

Outros dois assuntos foram tratados na assembleia. O presidente informou aos professores presentes que a secretária de Educação, Lilian Ribeiro, alega falta de profissionais para contratar e substituir os docentes que requereram licença-prêmio. “Eles têm que se organizar melhor e conceder o que é nosso direito”, declarou. Augusto explicou também sobre a eleição da professora Marília Caldas ao cargo de coordenadora da Comissão de Acompanhamento Permanente (COPEA), que serve para realizar o enquadramento de 20 para 40 horas semanais de trabalho dos profissionais da rede municipal. Reportagem e foto: Maurício Medeiros

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + seis =

Botão Voltar ao topo