DestaqueNotíciasPolícia

Cruz das Almas: Comandante Pimenta fala sobre as operações neste mês de São João

Nesta terça-feira (1), o Comandante do 1° Batalhão da polícia em Cruz das Almas, participou de uma entrevista na Rádio Santa Cruz FM (87,9). Sendo assim, o bate-papo ocorreu ao vivo, no programa Microfone Aberto, apresentado pelo radialista Leônidas Rodrigues.

Operações neste mês de junho

Com a chegada do mês de junho, a cidade de Cruz das Almas sempre se destacou pela forte tradição com os festejos juninos. Entretanto, a proibição das espadas divide a cidade neste período. Outra questão é a proibição de aglomerações para evitar mais contágios com o coronavírus.

Pensando nessa questão, a 27ª Companhia Independente da PM (CIPM/ Cruz das Almas), vem montando operações para coibir as aglomerações e inibir as queimas de espadas. De acordo com o Comandante Pimenta: “Diversas operações foram realizadas, não somente em Cruz das Almas, mas  nas outras cidades que compõem o orgânico da unidade”, disse.

Sendo assim, o entrevistado explicou que desde o mês de abril alguns trabalhos foram promovidos e efetivados para impedir a queima de espadas na cidade. Dessa forma, ele destacou a operação que ganhou notoriedade na sexta-feira (28). A ação logrou êxito e interrompeu a fabricação de espadas caseiras na região.

Além disso, o Comandante destacou que “qualquer fabricação  de espadas é clandestina, não existe produção que não tenha autorização do exército.  É necessário que haja ação por parte do poder público, proibindo a produção de explosivos, uma vez que configura  o crime estabelecido no estatuto do desarmamento”.

De acordo com Pimenta, durante essa operação houve apreensão dos artefatos e duas pessoas foram conduzidas em flagrante para a delegacia de Cruz das Almas. Entretanto, os dois indivíduos foram apresentados,  mas não estão presos.

 Final de semana

Foram realizadas neste último final de semana mais apreensões de espadas. Desta vez,  no bairro da Suzana, na rua Nova. Sendo assim, o quantitativo de 304 espadas inacabadas foram apreendidas, seis sacos de pólvoras e dez sacos de barros,  além de ferramentas utilizadas na fabricação de espadas.

Madrugada do dia 1° de junho

A cidade de Cruz das Almas vivenciou na primeira noite do mês de junho deste ano, a  queima de espadas e o descumprimento do decreto do toque de recolher e aglomerações. Desta forma, já prevendo essa situação a PM  elaborou uma ação, conforme explicou o Comandante Pimenta:

“A PM montou uma operação de intensificação, na qual, foram empregadas seis guarnições na cidade de Cruz das Almas. A ação teve  o intuito de inibir essa conhecida ação na madrugada do dia 1° de junho”.

Ainda segundo o entrevistado, foram realizadas ações principalmente na rua da Estação, Santo Antônio, Estrada de Ferro e Praças dos Poções. A ação ocorreu entre 23:00 h do dia 31 às 5:00 da manhã do dia 1°. 

Sobre as apreensões e prisões, o Comandante salientou que “por volta das 2:00 h da manhã a guarnição do 1° pelotão em Cruz das Almas conduziu alguns indivíduos para a delegacia. Segundo ele, o grupo estava em um veículo com 4 espadas, bebidas alcoólicas e  realizando direção perigosa”.

Questionado sobre o  contingente de policiais da 27ª CIPM, se este é suficiente para atender a cidade durante esse período, o Pimenta respondeu:

“É um efetivo que ainda consegue atingir o objetivo, no entanto, se conseguirmos mais policiais, vai aumentar a efetividade”.

O entrevistado informou que a PM da cidade está preparada para agir nesse momento, ele aproveitou o espaço e  pediu o apoio da população para informar e denunciar através do número 75 99706-8881 durante 24 horas. 

Paredões na cidade e zona rural

Sobre a utilização de sons automotivos, o entrevistado explicou: “A Polícia Militar está trabalhando mais diretamente com as informações e denúncias, com relação ao paredão foi realizada na última sexta-feira durante a noite, uma ação em alguns bairros em Cruz das Almas”.

O comandante salientou que a população é muito importante para essas ações acontecerem com maior eficiência. Para finalizar Pimenta salientou que para este mês de junho a PM já está preparada para combater os paredões e a queima de espadas.

Por Ivana Moreira

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo