DestaqueNotícias

Coordenado por alunos da UFRB, o Educa Rap, estimula ações para transformar a juventude em Cruz das Almas

Ultrapassar os muros da universidade e transformar a comunidade local, assim tem sido as ações dos diversos projetos de extensão da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Sendo assim, iremos conhecer o Projeto Educa Rap, atualmente é coordenado pelo estudante de graduação Roger Ramalho, o “ErriVance”, de Agroecologia.

O Projeto

O Projeto de Extensão Educa Rap, visa desenvolver ações que une comunicação, arte e música para impactar a juventude de Cruz das Almas. Criado em 2019, a ação integra o portfólio de projetos apoiados pela Pró-Reitoria de Extensão (PROEXT – UFRB). De acordo com a equipe do projeto, a proposta  surgiu por iniciativa dos estudantes, em 2019, após identificar a falta de apoio do poder público no fomento ao Movimento Hip-Hop em Cruz das Almas e no Recôncavo.

Coordenação

ErriVance/Reprodução redes sociais.

De acordo com ErriVance, coordenador do projeto, atuar nessa proposta é um ato constante de ser transformado e de transformar. 

“Através das atividades desenvolvidas buscamos valorizar algumas manifestações culturais, tais como: a poesia, a literatura e os elementos do Hip-Hop, estimular o empreendedorismo e visibilizar a produção artística dos/as jovens negros/as do território do Recôncavo Baiano”, destacou.

Atuação

Segundo informações do coordenador, entre 2019 até o presente ano, foram realizadas inúmeras atividades, tais como: batalhas de rima, produção de músicas sendo elas “Fica Em Casa” e “Máquina de Fazer Democracia”, e mais de 50 Edições do Programa Rap é o Som na Rádio Comunitária Santa Cruz FM 87,9.

Sendo assim, o principal público das ações executadas pelo projeto são os jovens estudantes secundaristas e universitários.

Comunicação, arte e música

Focado nesse tripé – comunicação, arte e música – o Educa Rap vem colaborando para a  integração entre a universidade e a comunidade local. Segundo a equipe do projeto ” a  valorização dos mais diversos elementos e expressões culturais nas ações de educação e extensão universitária, são estratégias fundamentais para ampliar a comunicação e a interação entre os mais diversos grupos sociais e a academia. Assim, a arte e a cultura facilitam a comunicação, possibilitando maior envolvimento e integração das pessoas e seus diversos saberes”, explicou.

Além disso, outros laços foram construídos e  parcerias com a Associação Quilombola da Vila Guaxinim e com a Associação Gente da Gente.

O Rap em Cruz das Almas

É importante destacar que o Rap vem contribuindo para que jovens Mc’s busquem empreender através da música aqui no Recôncavo. Dessa forma, as ações desenvolvidas por este projeto de extensão buscam valorizar e estimular a produção autoral desses jovens.  De acordo com informações do projeto, “é possível afirmar que o Rap existe há mais de 20 anos em Cruz das Almas. Através das batalhas de rima realizadas no Coreto da Praça Senador Temístocles e em outros espaços, os/as jovens se encontram para ter um momento de lazer”, explicou.

Além disso,  a equipe do Educa Rap destacou que através das batalhas de rima, os jovens adentram em espaços para  debater questões sociais, raciais, econômicas, ambientais, educativas e isso contribui com a formação intelectual dos mesmos.

Ações na Pandemia

No início da pandemia o Projeto Educa Rap colaborou para conscientizar sobre a importância de seguir os protocolos de saúde.  Sendo assim, uma  música coletiva foi criada e produzida pelo Studio LK REC em Cruz das Almas.

A canção “Fica Em Casa” contou com a participação de  Raissa Caldas, Uh Neto e Felipe CDA.

 “Através dessa música, recebemos convites para atuar com a Secretária de Saúde do município de Cruz das Almas no projeto “Blitz Educativa” que tinha o objetivo de distribuir Kit Higiene para população na rua”, finalizou ErriVance.

Por Ivana Moreira.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo