BrasilNotíciasPolítica

Campos diz que legislação brasileira sobre o aborto é ‘adequada’

Depois de renunciar ao mandato de governador de Pernambuco e anunciar Marina Silva (PSB) com a vice de sua chapa, Eduardo Campos (PSB), pré-candidato à Presidência da República, resolveu colocar o pé na estrada. Neste domingo (20) ele visitou a cidade de Aparecida e compareceu à missa de Páscoa. Questionado por jornalista, o socialista afirmou ser contrário ao aborto. A declaração foi dada ao lado do cardeal dom Raymundo Damasceno. “Como cidadão acho que minha posição é a de todos. Não conheço ninguém que seja a favor do aborto”, afirmou. “A legislação brasileira já é adequada. Ela já prevê as circunstâncias e os casos e eu não vejo razão para que se altere exatamente a legislação que o Brasil já tem”, disse.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo