BrasilNotícias

Alpinista brasileiro desaparece ao escalar montanha na Argentina

Josenildo Correia da Silva, 48 anos, está desaparecido desde a última quarta-feira (6), segundo informações de autoridades argentinas. O brasileiro tentava escalar o monte Aconcágua. As equipes de resgate relataram dificuldades em procurar o alpinista em função do mal tempo na região. Ele foi o único de um grupo de quatro escaladores que tentavam alcançar o cume.

Ademir Silva, 43 anos, foi o último brasileiro do grupo de escaladores a falar com Josenildo. Os dois estavam no acampamento chamado “Berlim”, a 5.930 metros de altitude. Ele contou que em certos momentos da escalada a temperatura chegava a 30 graus negativos. “Depois disso, Josenildo seguiu sozinho”, relatou.

Outra informação dada pelas autoridades argentinas é que alguns alpinistas viram Josenildo descendo da montanha. “Ele aparentava boas condições de saúde”, disse Ademir.

É a terceira vez que Josenildo tenta chegar ao cume do Aconcágua. Em 2004 ele precisou ser resgatado por um helicóptero e teve as pontas dos dedos congelados. A preocupação dos amigos é que o alpisnista só tinha comida para um dia, mas está dasaparecido desde quarta-feira. O parque fecha às visitações no dia 20 e as buscas serão suspensas.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Gostariamos de sensibilizar as autoridades de nosso país para garantir o retorno desse brasileiro que virou um ícone do alpinismo de nossa nação. Um homem que com grande orgulho levou bandeiras em homenagem a seu paíse seu estado e sua cidade para o cume da maior montaha das americas. Feito este marcante em nossa historia. Brasil prestemos nossa homenagem em grande porte àquele que nos homenageou no cume do Aconcágua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo