BrasilNotíciasPolítica

Ala governista do PMDB tenta asfixiar financeiramente quem ameça subir no palanque de Aécio

Os diretórios regionais do PMDB na Bahia, Goiás, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraíba e Ceará sofrem com o risco de ter o dinheiro dos repasses suspensos pela cúpula nacional do partido em função da ameaça de subir no palanque de Aécio Neves (PSDB), pré-candidato ao Palácio do Planalto. A maioria dos peemedebistas votou na última terça-feira (10), em convenção, realizada em Brasília, pela manutenção da coligação com o PT e da chapa formada pela presidenta Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PMDB). A articulação é feita pelo vice-presidente do Brasil.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo