BrasilNotíciasPolícia

Advogado de Youssef descarta pedir delação premiada

Antônio Figueiredo Bastos, advogado de Alberto Youssef (foto), preso na Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF), revelou nesta segunda-feira (25), após reunião com seu cliente, que ele não pretende pedir o benefício da delação premiada. Acusado de lavagem de dinheiro, o doleiro está preso na sede da PF de Curitiba há cinco meses. “Não vamos aderir a qualquer acordo que venha a ser fechado com Paulo Roberto Costa (ex-diretor da Petrobras). Meu cliente não tem nada a colaborar com a Justiça. Tivemos uma longa conversa nesta tarde e meu cliente concordou comigo. Sou contra um acordo de delação premiada neste momento. Compreendemos a posição do Costa, e caso ele decida fazer é um direito dele”, disse o defensor.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo