BrasilEducaçãoNotícias

3 mudanças para se atentar na hora de se inscrever para o Sisu 2024

Professor Michel Arthaud, da Plataforma Professor Ferretto, lista dicas sobre o que mudou no Sisu, e que os estudantes devem ficar de olho.

Após a divulgação das notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), no último dia 16, muitos alunos que realizaram o exame já planejam se inscrever no Sisu (Sistema de Seleção Unificada). As inscrições, que começam amanhã (22), vão até dia 25 de janeiro e devem ser feitas através do site oficial do Sisu. O resultado das vagas será divulgado no próximo dia 30.

O programa foi criado com o objetivo de utilizar a nota dos candidatos do Enem para ingressar em universidades públicas no Brasil todo, sendo elas: federais, estaduais, municipais ou institutos federais. Este ano o Sisu terá 264.360 vagas de graduação, distribuídas em 127 instituições.

“Para quem fez o Enem, agora é o momento de usar a sua nota para entrar na universidade e iniciar uma nova etapa. Mas, neste ano, é importante os candidatos ficarem atentos às mudanças das regras do processo seletivo”, aponta Michel Arthaud, docente de Química e diretor da Plataforma Ferretto, canal 100% online com foco na preparação para o Enem e vestibulares.

O Sisu deste ano sofreu algumas mudanças, e, pensando em ajudar os estudantes, o professor Michel listou algumas delas:

Apenas uma edição anual
Antes quem tinha o interesse em se inscrever para o programa tinha duas oportunidades de fazer a inscrição durante o ano. Com a nova regra, os candidatos  concorrerão a todas as vagas em cursos que começam no primeiro ou segundo semestre de 2024.

“A soma das vagas continuará a mesma, mas todos os candidatos já saberão no começo do ano se serão convocados ou não. A chamada para o primeiro ou segundo semestre será por ordem de classificação” explica Arthaud.

Novo Grupo na Lei de Cotas
Com a revisão da Lei de Cotas, que foi concluída em novembro de 2023, houveram mudanças nesse espaço onde foi definido uma nova forma na seleção e distribuição das vagas de cota e foi incluído o grupo de quilombolas na legislação, “Depois desta revisão, vai trazer mais diversidade dentro das universidades que por muitas vezes são segregados” , comenta o docente.

Ampla Concorrência
A partir de agora, em primeiro momento todos os candidatos irão concorrer às vagas em ampla concorrência.  “Antes quem concorria com cotas não participava das vagas de ampla concorrência, agora todos os cotistas terão acesso à essas vagas e caso não atinjam a nota necessária participarão do grupo exclusivo para cotas. A tendência é aumentar o número de alunos com possibilidade de cota no total de vagas “, diz o docente.

Sobre a Plataforma Professor Ferretto – A plataforma é uma das maiores do país no segmento e tem o objetivo de oferecer um ensino de qualidade acessível aos jovens. Atualmente, conta com mais de 70 mil estudantes em todo o país, que se preparam para as provas do Enem e dos vestibulares mais importantes com aulas online. Por meio da plataforma, os candidatos podem fazer o seu próprio cronograma, sem sair de casa para estudar. Nesse espaço virtual, têm acesso a diversos materiais e um total de 13 professores das principais disciplinas, todos altamente qualificados e que uniram forças para ensinar, orientar e dar acesso aos conteúdos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 6 =

Botão Voltar ao topo